+55 11 3939-0480

atendimento@enginebr.com.br

5 coisas que todas as pequenas e médias empresas precisam ter para acompanharem a transformação digital mundial

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O que a transformação digital mundial pode ter a ver com o seu pequeno ou médio negócio? O que as grandes corporações dos cinco continentes estão fazendo que importam para o seu negócio local? Para ambas as perguntas, a resposta é a mesma: tudo! A transformação digital é um desafio do mercado global, de todas as empresas, independente do seu tamanho.

Se adequar a um novo mercado e, principalmente, a um novo consumidor, muito mais exigente, que não quer apenas uma relação comercial, mas sim ser atendido em suas necessidades pessoais, é um desafio de toda empresa, não importa seu tamanho e ramo de atuação. E a transformação digital vai muito além do uso desta ou daquela tecnologia, é uma questão de mudança de comportamento, principalmente.

Neste conteúdo, apresentamos 5 coisas que todas as pequenas e médias empresas precisam ter para acompanharem a transformação digital mundial. Descubra, agora, quais são e como sua empresa deve se comportar para se transformar em uma empresa inteligente, pronta para vencer os grandes desafios que o mercado estabelece.

Aproveite para se cadastrar na nossa newsletter e receber conteúdo exclusivo sobre transformação digital.

O que é transformação digital?

Já vivemos a quarta grande revolução industrial do mundo, a chamada Indústria 4.0, onde as respostas são muito mais imediatas, os dados são colhidos em tempo real, as operações são todas digitalizadas e, assim, as empresas conseguem aumentar sua produtividade, reduzir o desperdício e, principalmente, enfrentar os desafios e atender a um mercado diferente, muito mais exigente. O mundo mudou, o mercado mudou, os consumidores mudaram, portanto, as empresas precisam mudar também.

A transformação digital que prepara as empresas para a Indústria 4.0 e para os desafios vindouros, no entanto, está longe de ser um processo tecnológico apenas. É um erro imaginar que uma empresa se torna digital e inteligente porque passa a utilizar computação em nuvem ou este ou aquele sistema. É claro que as empresas estão se valendo de recursos avançadíssimos, como Inteligência Artificial (IA) e Big Data, por exemplo, mas a transformação digital é uma mudança de cultura, uma ruptura do modo analógico de pensar.

É preciso digitalizar todas as operações, naturalmente, mas também é preciso pensar o que a empresa quer e como fazê-lo. Adotar uma mentalidade digital é pensar no que a empresa precisa fazer para alcançar seus objetivos, e mudar o que precisa ser mudado. Em suma, é preciso saber como colher todos os dados possíveis da operação, mas também, e principalmente, o que fazer com eles.

A transformação digital é apenas para grandes empresas?

A transformação digital é um caminho sem volta para todas as empresas que querem se manter e, mais do que isso, crescer no mercado. É um desafio urgente, que requer investimentos e, principalmente, uma mudança na forma de pensar e fazer o negócio.

Então, a transformação digital está disponível apenas para as grandes empresas, que têm recursos de sobra para investir em Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, Design Thinking, sistemas de ponta e robustos, entre outros, certo? Errado!

Um sem número de pequenos bares e restaurantes, por exemplo, se transformaram digitalmente nesta pandemia do novo coronavírus, levando seus negócios para a internet, por exemplo. Muitos também adotaram cardápios eletrônicos em seus salões, implantaram sistemas de cobrança e passaram a vender pelos aplicativos do mercado, em um claro exemplo de transformação digital de pequenas empresas. Outro exemplo? Empresas que sequer tinham o hábito de utilizar computadores nas suas operações e logística, passaram a fazer reuniões online, e a prova é que o Zoom pulou de 20 para 300 milhões de usuários por dia nesta pandemia.

Não importa se sua empresa tem oito, 80 ou 800 funcionários. A adoção de uma mentalidade de transformação digital é para todas, micro, pequenas, médias e grandes empresas. Lá pelos anos 2000, diziam que sites eram apenas para grandes corporações, o que não era verdade. E muita empresa que desconsiderou aquela “verdade” cresceu. O mesmo se fala hoje, que transformação digital é para os grandes. Não é apenas para os grandes; é para todos.

As 5 principais áreas que geralmente são esquecidas pelas pequenas e médias empresas em sua transformação digital

Quando se fala em transformação digital, a maior parte das pessoas logo pensa em poderosos sistemas de venda e de logística. De fato, são duas áreas fundamentais para o bom resultado de uma empresa, e merecem mesmo todo investimento possível.

Mas a transformação digital deve abarcar a empresa toda, até porque os resultados são melhores quando há uma integração total entre todos setores do negócio. Conheça, agora, cinco setores fundamentais, que jamais devem ser esquecidos em um processo de digitalização das empresas:

1) Contabilidade:

A gestão contábil de uma empresa é fundamental para o alcance dos resultados esperados. Uma contabilidade muito bem feita, consultiva, voltada pra a gestão, não vende mais, mas permite vender melhor. É por meio de seus números, análises e relatórios que a empresa poderá tomar decisões de forma mais assertiva e, claro, com senso de urgência. Portanto, transformar digitalmente o setor de contabilidade é fundamental.

2) Recursos Humanos:

Ainda que te digam o contrário, a alma de qualquer empresa definitivamente não é um produto inovador que ela tenha criado ou uma prestação de serviços diferenciada. A alma de um negócio é o seu recurso humano, ou seja, as pessoas que trabalham ali para produzir e oferecer um produto inovador ou um serviço diferenciado. Gerenciar os recursos humanos de uma empresa é um desafio, retendo valores, treinando e criando cultura. Respeitar as leis trabalhistas também é um desafio, mesmo porque do contrário a empresa cria conflitos com o seu time e tem prejuízos quando levada à Justiça. A gestão de recursos humanos da empresa deve ser digitalizada, e isso irá contribuir, certamente, para o fortalecimento do time, ao lado de uma política de RH que valorize o ser humano.

3) Conservação:

A manutenção, a limpeza e a conservação do espaço de trabalho são fundamentais para um bom clima na empresa. Muitas vezes, essa área é terceirizada, e funciona quase que como um corpo estranho à empresa, não fazendo parte do time. Um erro! 

4) Tecnologia da Informação:

A área de TI é fundamental em um processo de transformação digital, pois dá suporte para o uso da tecnologia. Mas, curiosamente, muitas vezes fica alijado desse processo. A área de TI, seja ela própria ou terceirizada, precisa estar em plena sintonia com toda a companhia, mesmo porque esses são os seus clientes. 

5) Foco no cliente:

De nada adianta ter um sistema moderníssimo, com coleta de dados just-in-time sobre as vendas e as entregas, e simplesmente desconsiderar os feedbacks que os clientes enviam. É preciso ter foco no cliente, e utilizar a transformação digital para reforçar essa área extremamente relevante para o seu negócio. É o cliente quem o sustenta!

Veja como o Laboratório Daubt tem usado os produtos e serviços Engine para se transformar digitalmente.

A Engine ajuda as pequenas e médias empresas a se transformarem digitalmente

A Engine se destaca nesse mercado de consultoria e sistemas para a transformação digital porque tem uma solução inovadora, que também permite a pequenas e médias empresas acessarem o que há de melhor em termos de sistema de gestão empresarial no mundo. Não é preciso ser uma grande empresa, com recursos ilimitados, para adotar o Engine Business as a Service (eBaaS), que apoia a transformação digital e ajuda a transformar sua empresa em uma empresa inteligente.

O Engine Business as a Service (eBaaS) é uma referência de mercado e apoia a transformação digital de inúmeras pequenas e médias empresas em todo o país. São empresas que simplesmente têm coragem de mudar, e encontraram na nossa solução a base para isso. O eBaaS permite, por exemplo, a análise contínua dos processos, comparando os resultados com padrões da indústria e oferecendo recomendações personalizadas de novos modelos de negócio. 

Esta é apenas uma de várias soluções que a Engine oferece às pequenas e médias empresas, como o sistema SAP, BPO fiscal e contábil e outros. Somos uma consultoria de gestão empresarial, parceira SAP, especializada em soluções que aliam tecnologia, negócio e inovação para transformar seus clientes em empresas inteligentes utilizando práticas de gestão de classe mundial que possibilitam melhor maturidade em gestão, competitividade e governança para seus clientes.

Clique aqui, assine a nossa newsletter e receba gratuitamente conteúdos exclusivos e direcionados para a transformação digital do seu negócio.

Veja também