+55 11 3939-0480

atendimento@enginebr.com.br

O que é Plataforma como Serviço (PaaS)?

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Qualquer empreendedor que esteja considerando migrar seu comércio eletrônico para a Cloud Computing, precisa conhecer os três principais conceitos que fundamentam a Nuvem: Infraestrutura como Serviço (IaaS), Software como Serviço (SaaS) e Plataforma como Serviço (PaaS). Neste conteúdo, focaremos na última alternativa.

Com o aumento da popularidade da Nuvem, cada vez mais organizações têm investido na digitalização de seus negócios, visto que o ambiente virtual oferece uma grande variedade de benefícios, como a possibilidade de usufruir de um ambiente de desenvolvimento e implantação de aplicativos empresariais disponíveis a qualquer hora e de qualquer lugar.

Continue a leitura do conteúdo para entender o que é Plataforma como Serviço (PaaS), como ela se diferencia da IaaS e SaaS, entre outras informações importantes sobre o assunto!

O que é Plataforma como Serviço (PaaS)?

De forma simplificada, Plataforma como Serviço (PaaS) é uma espécie de ambiente na Nuvem no qual é possível desenvolver e implantar uma infinidade de recursos, de aplicativos simples para uso cotidiano a sistemas sofisticados de uso corporativo. Para isso, é preciso adquirir os recursos de desenvolvimento por meio de um provedor de serviços de Nuvem em um plano no qual você paga à medida que usa e, é claro, através de uma conexão segura com a internet.

Como funciona a Plataforma como Serviço (PaaS)?

De forma semelhante à Infraestrutura como Serviço (IaaS), o modelo PaaS conta com sua própria infraestrutura, isto é, servidores, armazenamento e rede, além de ferramentas de desenvolvimento, middleware, sistemas de gerenciamento de banco de dado, serviços de Business Intelligence (BI) e muito mais. Uma das finalidades do PaaS é dar suporte a cada etapa do ciclo de vida de um aplicativo web completo, ou seja, ele ajuda a compilar, testar, implantar, gerenciar e atualizar.

A Plataforma como Serviço (PaaS) oferece uma infinidade de benefícios, como a redução de custos e diminuição da complexidade nos processos de aquisição de licenças de software, middleware de aplicativo subjacente, infraestrutura, ferramentas de desenvolvimento, orquestradores de containers, entre outros recursos.

Para saber mais sobre PaaS, IaaS e SaaS, clique aqui e se cadastre em nossa newsletter.

Usos comuns da Plataforma como Serviço

Empresas que aderem ao uso de uma Plataforma como Serviço, normalmente, a utilizam para os seguintes cenários:

Estrutura de desenvolvimento

Dentro de um ambiente de PaaS, os desenvolvedores contam com uma estrutura que permite a compilação para desenvolvimento ou personalização de aplicativos baseados em Cloud Computing.

Assim como é possível criar um macro no Excel, a Plataforma como Serviço permite que os desenvolvedores desenvolvam aplicativos por meio da inserção de componentes de software. E tudo isso com as vantagens que somente os recursos de Nuvem podem oferecer, como alta disponibilidade, escalabilidade e funcionalidades de multilocatário, o que contribui com a redução de códigos de programação.

Análise ou Business Intelligence

As ferramentas proporcionadas pela Plataforma como Serviço permitem às empresas analisarem e minarem suas informações. Assim, é possível descobrir dados e padrões, prever resultados e aprimorar projeções, tomar melhores decisões de design de produto, além de tomar decisões mais inteligentes e obter mais retorno sobre investimentos.

Serviços adicionais

Provedores de Plataforma como Serviço podem oferecer uma vasta gama de serviços para melhorar o desenvolvimento de aplicativos, como diretório, segurança, fluxo de trabalho e agendamento.

Qual a diferença entre Plataforma como Serviço e Software como Serviço?

Software como Serviço (SaaS) é parecido com PaaS, pois ambos conceitos têm como finalidade atender a uma ou mais necessidades de quem utiliza os recursos. No entanto, o SaaS é mais focado em modelos de negócios e processos empresariais. Basicamente, o SaaS é uma camada do ambiente virtual no qual os usuários têm mais contato com a Cloud Computing, alimentando, editando e visualizando dados.

É graças ao SaaS que o modo como as organizações têm acesso aos seus sistemas está mudando, visto que essa tecnologia permite que softwares sejam acessados a preços muito mais baixos e infraestruturas mais simples.

Diferente do PaaS, o SaaS exige menos conhecimento técnico e suporte de TI para o usuário final, já que não se trata de um ambiente de desenvolvimento, mas sim de sistemas completos e prontos para uso. No modelo SaaS, o usuário não precisa se preocupar com a manutenção da estrutura do sistema ou atualizações de versões. Contudo, o PaaS permite que os desenvolvedores personalizem soluções e criem ferramentas voltadas para necessidades específicas.

Quais as vantagens da Plataforma como Serviço?

A Plataforma como Serviço oferece uma grande variedade de benefícios aos desenvolvedores, como ferramentas de desenvolvimento, middleware e outros recursos cruciais para os negócios. Além disso, ela conta com mais vantagens, como:

Redução do tempo de codificação

O tempo para codificar aplicativos pode ser reduzido de forma significativa com o uso de PaaS, pois é possível utilizar componentes de softwares pré-codificados inseridos na plataforma, como serviços de diretório, fluxo de trabalho, pesquisa, segurança e muito mais.

Funcionalidades de desenvolvimento sem necessidade de novas contratações

Com os componentes proporcionados pela PaaS é possível oferecer à equipe de desenvolvimento uma grande variedade de novas funcionalidades sem que seja necessário contratar novos profissionais com habilidades específicas.

Desenvolvimento simplificado para diversas plataformas

Existem determinados provedores de serviços que oferecem opções de desenvolvimento para diferentes plataformas, como navegadores, dispositivos móveis e computadores desktop, tornando aplicativos de plataforma cruzada muito mais fáceis e rápidos de serem desenvolvidos.

Uso de ferramentas sofisticadas de maneira muito mais acessível

Um dos grandes benefícios da Plataforma como Serviço é que, assim como o SaaS, ela oferece modelos pagos de acordo com a necessidade de uso, permitindo que pessoas físicas ou jurídicas possam usufruir de ferramentas de análise, Business Intelligence e um software de desenvolvimento sofisticado que não poderiam adquirir por completo.

Suporte a equipes de desenvolvimento distribuído geograficamente

Por ocorrer integralmente na Nuvem, todos os recursos do ambiente de desenvolvimento do PaaS podem ser acessados pela internet, o que permite que a equipe de desenvolvimento possa trabalhar na correção de problemas até mesmo quando alguns membros estiverem em locais remotos.

Gerenciamento do ciclo de vida do aplicativo com eficiência

Como já mencionamos, a Plataforma como Serviço (PaaS) conta com todas as funcionalidades que os desenvolvedores precisam para acompanhar e gerenciar o ciclo de vida completo de um aplicativo Web: ou seja, há recursos para:

  • compilação;
  • teste;
  • implantação;
  • gerenciamento;
  • e atualização.

Tudo isso em um único ambiente integrado.

Como os serviços Engine podem contribuir com a sua empresa?

A Engine é especializada em soluções em Nuvem para as mais diversas demandas corporativas, especificamente em organizações antenadas com a transformação digital e que necessitam de tecnologia para realizar seus processos operacionais.

Com o lançamento da versão SAP S/4 Hana e a criação da metodologia Activate, hoje, as empresas podem implementar ferramentas de gestão empresarial com muito mais práticas, baratas e eficientes, visto que é possível agregar Solution Packages desenvolvidos pelos parceiros para agilizar a implantação, garantindo o mínimo de personalização com o maior potencial de processos industriais já integrados ao ERP.

A Engine oferece a possibilidade das empresas escolherem qual o melhor pacote de serviços a ser contratado para suprir suas demandas, como o SaaS que facilita a contratação de licença de uso. Além disso, também é possível adquirir uma série de componentes de software, como segurança, infraestrutura, sustentação das operações e aplicações como serviço. Por fim, a Engine também conta com o Business As a Service (eBaaS), um modelo no qual o cliente contrata serviços BPO e o SaaS como auxílio para maximizar o desempenho do negócio.

Quer saber como as soluções da Engine podem contribuir com o desenvolvimento de aplicações e migração dos negócios para a Nuvem? Então entre em contato com a nossa equipe.

Veja também