+55 11 3939-0480

atendimento@enginebr.com.br

ERP na indústria de alimentos

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A indústria de alimentos vem sofrendo muitas transformações, em busca da sintonia com um novo consumidor, que exige mais qualidade, saudabilidade e está muito mais rigoroso em suas escolhas. A transformação digital também é uma nova realidade, sobre a qual não há caminho de volta: as empresas estão se adaptando e se digitalizando cada vez mais, mudando processos e se utilizando ainda mais da tecnologia disponível. É por isso que ERP na indústria de alimentos já é uma realidade.

A pandemia do novo coronavírus também trouxe desafios urgentes, que fecharam as portas de muitas empresas, mas também apresentou uma série de novas oportunidades que tantos outros aproveitaram para turbinar seus negócios, como o e-commerce e o delivery.  Enfim, a indústria alimentícia vive um momento único, de evolução, inovação e descoberta de novos caminhos!

A gestão do conjunto de processos internos, diante de todos esses desafios e em busca dos resultados esperados, ganha uma gigantesca importância, ainda mais em um mercado tão competitivo e regulatório quanto o da indústria alimentícia. A utilização de um sistema ERP na indústria de alimentos é a melhor resposta para as empresas que buscam competitividade, produtividade e uma gestão que funcione como um verdadeiro diferencial. Saiba, agora, o porquê.

O que é e para que serve um ERP?

O ERP (sistema de gestão empresarial, na tradução da sigla para o português) é um sistema que integra todas as áreas de uma empresa, proporcionando uma gestão muito mais controlada e planejada, por meio de processos automatizados e otimizados, o que significa uma operação mais precisa, detalhada, enxuta e, claro, eficiente.

O ERP permite uma visão muito mais profunda do negócio e informações detalhadas em tempo real, o que é fundamental no processo de tomada de decisões gerenciais. Ele elimina o erro, diminui sensivelmente o retrabalho, reduz custos, identifica desperdícios e influi diretamente na produtividade, possibilitando melhores resultados e mais lucros.

Diante de um cenário de transformação digital, o ERP se torna obrigatório para as empresas que buscam um diferencial de mercado. Não há negócios que cresçam e ganhem destaque com uma gestão não integrada, apostando apenas em tradição ou grandes margens de lucro (o que, convenhamos, é cada vez mais raro de se encontrar). A gestão do negócio precisa ser muito mais ágil e eficiente, atendendo a um mercado cada vez mais difícil, exigente e discriminatório.

Como um ERP de qualidade contribui para uma gestão mais eficaz na indústria de alimentos?

A indústria de alimentos tem características próprias que as diferenciam dos demais segmentos industriais, e o uso de insumos perecíveis é apenas uma delas. O consumidor também é muito mais exigente quando se fala em alimentação, porque cada vez mais se busca qualidade e saúde, sendo assim a segurança alimentar também é um ponto de equilíbrio dessa indústria. A qualidade deixou de ser um diferencial competitivo quando se fala em alimento; é uma necessidade para qualquer empresa do setor se manter viva no mercado.

O controle de qualidade na indústria de alimentos é fundamental para garantir a segurança alimentar, portanto é preciso buscar a eficiência de cada setor, cada operação, cada processo. Um sistema ERP é fundamental para esse controle absoluto de toda a operação, auxiliando na gestão integrada, oferecendo informações detalhadas e em tempo real. 

As exigências legislativas – leis, normas, portarias, etc. – precisam ser cumpridas à risca, e novamente o ERP será fundamental neste controle. O sistema, no entanto, não atua apenas sobre a segurança alimentar, embora esse seja um diferencial crucial para a indústria de alimentos. Como toda e qualquer indústria, também é preciso buscar uma gestão padronizada, produtiva, integrada, automatizada, que elimine desperdícios e diminua os custos e que seja mais ágil e permita uma maior lucratividade – e tudo isso também é alcançado por meio de um sistema ERP.

Oportunidades que o uso do ERP oferece

Atender as mudanças que o consumidor exige e que o mercado adota é a senha para um negócio sustentável e crescente. A utilização do ERP traz uma série de oportunidades de melhoria nos processos, que vão desembocar no objetivo final: a satisfação do cliente. Saiba, agora, quais são estas oportunidades:

Gestão de estoques: Esta pode ser uma das maiores dores de cabeça da indústria alimentícia, e com certeza uma boa ou má gestão terá consequências diretas nas vendas e, portanto, nos resultados. Nunca é demais lembrar que os produtos estocados desta indústria são perecíveis e os consumidores estão buscando produtos sem uso de conservantes – isso para falar apenas de dois desafios da gestão de estoques. O ERP faz a gestão do estoque reduzindo o desperdício, rastreando datas de validade, notificando baixas de estoque e muito mais.

Rastreabilidade do produto: Os consumidores querem saber mais sobre o que estão consumindo e, por isso, a busca pela transparência é um dos desafios que a indústria de alimentos está vivendo. A rotulagem detalhada dos ingredientes do produto é uma exigência do mercado e, assim, a rastreabilidade é necessária. O ERP também auxilia neste trabalho.

E-commerce e delivery: Vieram para ficar! De acordo com uma pesquisa do Food Marketing Institute, as vendas online representarão mais de 20% das vendas totais do varejo de supermercados até o ano que vem. A venda por aplicativos, sejam dos grandes players do mercado ou próprios, e o delivery trazem o desafio de um gerenciamento implacável destas vendas, e o ERP pode ser integrado ao e-commerce, permitindo uma gestão exata.

• A indústria de alimentos é uma das mais fiscalizadas por órgãos reguladores, como a Anvisa. A quantidade de leis e portarias que devem ser seguidas é enorme, e mudanças acontecem periodicamente. O ERP também controla esse tipo de situação, oferecendo informações precisas e atualizadas just-in-time.

Como escolher o ERP ideal para a sua indústria de alimentos?

O sistema all-in-one oferece a possibilidade de você localizar um dado do negócio, seja ele financeiro, de produção, de inventário, de conformidade ou de vendas, em tempo real. Portanto, a capacidade de integração do ERP escolhido com vários outros sistemas que sua empresa utiliza é um detalhe fundamental na sua escolha. Dispor de dados profundos e detalhados, em tempo real, é fundamental na hora de tomar decisões gerenciais. A velocidade da tomada de decisão sempre faz a diferença.

Um ERP que atenda as necessidades específicas da indústria de alimentos também apresentará resultados muito melhores, sem dúvida alguma. Em um recall, por exemplo (que infelizmente não é incomum), o ERP será fundamental na rastreabilidade do produto. A manutenção e suporte do sistema, bem como a capacitação e treinamento dos colaboradores, também precisam ser levados em conta porque são fundamentais para seu melhor uso.

A Engine pode lhe ajudar na implantação de um ERP

Com 25 anos de estrada e dezenas de implantações de sucesso nas mais diferentes indústrias, incluindo a indústria de alimentos, a Engine é uma referência em transformação digital, oferecendo as melhores soluções de gestão empresarial de classe mundial. Criamos um modelo de referência, que garante processos seguros, sustentáveis e que oferecem informações ágeis entre as áreas estratégicas do negócio para a tomada de decisões. Além de soluções de software de gestão especialistas, oferecemos ERP SAP para a indústria de alimentos. Converse com um de nossos especialistas e inicie já a transformação digital da sua empresa.

Veja também