Indústria Farmacêutica: a complexidade no cálculo tributário